quarta-feira, outubro 11, 2006

Novela pirada pra fazer gente dormir.

Suponhamos que futuro existe. Então este futuro está estagnado numa outra dimensão, acontecendo agora, enquanto acontecemos aqui, certo? Esta dimensão esta dividida em amanhã, depois de amanhã e assim por diante até o infinito, e dentro destas divisões há uma série de possibilidades de futuro, no caso de o presente ter algum poder de interferência no futuro. Ou ainda, nós daqui do hoje jamais participaremos do futuro por que estamos presos aqui no presente e nada do que façamos tem importância para o que está acontecendo neste instante lá nesta dimensão dos futuros possíveis. Mas e se sim, se todo o movimento nosso, aqui no presente, modifica estas possibilidades de futuro? Então estes futuros estão em movimento constante, e estes futuros não estariam suspensos, estariam conectadas a todas estas dimensões, funcionando de acordo com o movimento dentro de cada uma delas, com inabalável sincronismo. Então haverá uma outra de mim vivendo uma outra coisa neste mesmo instante, vivendo futuro, e esta crê que vive seu presente, iludida como esta de mim agora deve estar. Estou aqui, senhores, quebrando a cabeça para tentar entender o que vem a ser um ‘vidente’, um homem que pré- vê futuro. Seria algum defeito neste plano dos tempos? Sendo assim este homem por um acaso foi parar num futuro que pertence a outras pessoas, com as quais não tem ligação nenhuma, ou então ele corre o risco de se deparar com um exemplar dele mesmo, não? Ou com vários dele mesmo. Ai, cansei, não consigo pensar em mais nada que me explique como é que um homem pode afirmar que ante-viu futuro e ter certeza tanta, não passar pela sua cabeça que o que viu não passa de um sonho, de sua imaginação, como pode saber que não delira? as vezes essas maluquices causam até desastres sérios, como se vê na história de Édipo, ou como ilustra aquele filme Doze Macacos. Eu hem, a globo tem cada uma!

10 comentários:

Lux Luxo disse...

Ai, eu até consegui consertar a história dos links, mas aí já era, me apaixonei pela idéia de que os outros blogs são parte integrante de qualquer texto que eu acabe de postar, leitura essencial, obrigatória!

ravishna disse...

Hei, Senhorita L., transformacoes por aqui...
Bueno!
Tem uma frasesinha la no blog que lembrei-me por agora:
"Destinamo-nos ao Eterno Presente em Tempos Distintos".
Penso que o tempo, assim como o espaco sao os dois "icones" de reflexao, investigacao, experimentacao...
Desde sei la quando ate "hoje", essas duas "palavras" foram trabalhadas a exaustao,
mas ainda assim tudo `e tao presente, nao?
(tenho um carinho especial por essa investigacao espaco-temporal no proprio "ser", deslocar-se do mundo das ideias tao somente para um empirismo fisico, energetico, emocional, mental e...e...?)
hasta.

luciano indignado disse...

Lux...

só pra mandar um beijo

Luciano

luciano indignado disse...

Não tente mudar o que você é... até porque nem vai conseguir mesmo... ehehehehehhe

tu poderias mudar certas coisas que te incomodam, mas não o que você é...

amar-te-ia do mesmo modo se você mudasse de personalidade, todavia gosto de você assim desse jeito insano!!!!

---------------

sempre achei que vc escrevia muito bem... mas observo que estamos em caminhos opostos no que diz respeito às nossas escritas.... você quebrando de vez com todas as normas e eu me apaixonando pela complexidade de nossa língua!!! hahahahaha

beijos enormes

luciano indignado disse...

só espero que a anã amarela em questão a não chegue ao ponto de explodir, se transformando em uma supernova!!!

beijos

Bárbara disse...

ah, esse povo que tem insônia, não é,

Alter-egos disse...

>:- ( parece um post meu. É isso aí, esses romancezinhos tirados de Sabrina/Bianca são pra gente mesmo terceiromundista/nós. Bom Ver suas letras de novo.

Lux Luxo disse...

Eu nunca sou original, sempre copio as pessoas.

Lou H. Mello disse...

Você acabou comigo. Há anos, acredito em profecias e me considero um profeta. Tenho sonhos, desde menino, prevendo acontecimentos, visões do futuro e todos os componentes do negócio.

Por exemplo, quando bati o olho em você tive uma visão: Essa garota tem futuro.

Lux Luxo disse...

Lou, meu futuro é este segundo que vem chegando e que, ops, já passou.