sábado, junho 24, 2006

" Não confio em ninguém se não em mim mesmo, nenhum amigo se não Deus. Generoso estrangeiro, sê feliz, adeus para sempre." Idem.

Sem comentários: