sexta-feira, março 24, 2006

Pessoas, não fiquem feito os filhos da galinha, chocados.

Mas eu sou chocante, rasguei a carta da boa política e os livros de etiqueta. Meus filhos, se um dia vierem a existir, não podem saber que sou dessas que passam da medida, que de cometimentos tresloucados cospe na cartilha da moral decente e participa de carraspanas com postura semelhante a de um fundamentalista. Céus, eu vou bem baixo! Agora, olhando por este ângulo, daqui de baixo, eu posso ver que o mundo para mim é ainda bem pior do que eu já podia ver. É isso, fiquem a vontade para me odiar.

Sem comentários: